quinta-feira, 14 de julho de 2011

Lagoa Azul

Por James Davidson


A Lagoa Azul fica localizada em terras do antigo Engenho Guarany, próxima a comunidade de Vila Piedade, bairro de Socorro. É um dos principais atrativos turísticos do município e sua imagem já foi usada até como cartão postal da cidade. No entanto, apesar de sua importância, a Lagoa Azul está fechada e não mais recebe visitação.


A Lagoa Azul foi formada a partir de uma antiga pedreira. Como se sabe, esta área é repleta de pedreiras que utilizam as rochas para a construção civil, como a Usibrita, Polimix, etc. Há mais de 30 anos atrás, a perfuração que foi feita acabou atingindo algum lencol d'água. A água fluiu e ocupou toda a cratera, formando a Lagoa Azul. Não se sabe por que a água possui essa coloração azul-esverdeada, pois nenhuma análise ainda foi feita.



O local vinha sendo usado como atrativo turístico, sendo utilizado para a prática de esportes radicais. A lagoa é muito profunda na maior parte de sua área e era usada antigamente como cemitério clandestino de carros. Muitos já foram tirados do local, inclusive com corpos dentro, mas isto ocorreu há muitos anos atrás. Era um verdadeiro cartão-postal do município atraindo inclusive estrangeiros.


Contudo, apesar de todo o seu potencial turístico e ecológico, a Lagoa Azul fechou as portas. Talvez a falta de apoio e incentivos por parte do poder público tenha contribuído para isso. Na verdade, não se vê apoio do poder público na maioria dos pontos turísticos e históricos de Jaboatão. E quando é feito alguma coisa, quase sempre é pela iniciativa privada. Resta agora torcermos para que um dia a Lagoa Azul volte a abrir as portas e ser o local turístico que já foi um dia.

9 comentários:

Adm disse...

é lamentavel que nos jaboatonenses não temos uma opção verde para ir esta era maravilhosa

LouRodrigues disse...

A lagoa Azul que fica nas terras do engenho Guarani que pertenceu a Manuel Carneiro Leão e depois a sua filha única e herdeira: Maria Anna Carneiro de Novaes que era casada com Antônio de Novaes Filho. Durante muitos anos as pedreiras foram exploradas por terceirizados. Quanto às terras do engenho algumas foram loteadas e outras invadidas por sem terras.
LouRodrigues, neta de Maria Anna e Novaes Filho.

Anônimo disse...

Me falaram sobre a Lagoa Azul e achei muito interessante, pois adoro aventura, mas na sua publicação você diz que o local não pode ser visitado,gostaria de saber se já houve algum movimento para que possa haver visitas nesse lugar maravilhoso????

Adilane Morais disse...

O local é de fato muito bonito e atrai diversas pessoas. Contudo dezenas de pessoas morrem ali, sou eu já perdi dois amigos lá, quem morreram afogados. O corpo de bombeiro informou que 32 pessoas ja morreram lá. Fora os que foram encontrados mortos nos carros que foram retirados em algum momento pela prefeitura. É um lugar que não indicaria para o meu pior inimigo.

Adilane Morais disse...

O local é de fato muito bonito e atrai diversas pessoas. Contudo dezenas de pessoas morrem ali, sou eu já perdi dois amigos lá, quem morreram afogados. O corpo de bombeiro informou que 32 pessoas ja morreram lá. Fora os que foram encontrados mortos nos carros que foram retirados em algum momento pela prefeitura. É um lugar que não indicaria para o meu pior inimigo.

Adilane Morais disse...

O local é de fato muito bonito e atrai diversas pessoas. Contudo dezenas de pessoas morrem ali, sou eu já perdi dois amigos lá, quem morreram afogados. O corpo de bombeiro informou que 32 pessoas ja morreram lá. Fora os que foram encontrados mortos nos carros que foram retirados em algum momento pela prefeitura. É um lugar que não indicaria para o meu pior inimigo.

Paola Xavier disse...

Esse lugar é perfeitamente lindo! Mas inspira sensação de medo. No dia q fui com meu esposo e um amigo só passamos aproximadamente 20minutos! Sim aparentemente às águas estão contaminadas por algum tipo de óleo e existe muito lixo envolta lamentável!

Dado disse...

Tia Lou. Que incrível! Não sabia dessa história

cristiane costa disse...

Já morei nessa localidade,sou filha de uma das esposas de um cortador de cana que na época cortava cana para engenho guarani.Morava nas casas de uma pequena vila pertencente ao engenho,onde morava os trabalhadores do corte da cana de açúcar.Sempre tive medo desse lugar,principalmente dessa lagoa.Ela tem realmente uma grande beleza,mas particularmente à prefiro ver de longe.Ela é representante de grande dor e sofrimento.Quem à conhece de perto sabe do eu falo.Visitar é bom;mas quem viu de perto sua realidade não quer chegar perto.Morro de medo desse lugar!Nunca indico essa lagoa pra ninguém visitar,nem quero chegar perto dela.Jamais!