domingo, 11 de julho de 2010

Pontos extremos do Município de Jaboatão dos Guararapes

Por James Davidson

O município de Jaboatão dos Guararapes possui os seguintes pontos extremos:
Extremo Leste: Praia de Piedade em frente ao Hospital da Aeronáutica.
Extremo Oeste: Serra da Macambira, entre os engenhos Macujé e Caraúna.
Extremo Norte: Encontro do Riacho Tejipió-Mirim com o Rio Tejipió.
Extremo Sul: Encontro dos rios Jaboatão e Pirapama.

Os pontos extremos do município são locais bastante diferentes uns dos outros, revelando assim a diversidade de paisagens existentes dentro do espaço municipal. Vejamos cada um com mais detalhes:


Extremo Leste: Praia de Piedade em frente ao Hospital da Aeronáutica. - Aqui é onde o sol nasce primeiro em Jaboatão dos Guararapes e onde a Praia de Piedade limita-se com a de Boa Viagem. É também onde começa o confuso limite entre Recife e Jaboatão. É um local bonito onde o vento e o oceano completam a harmonia da Praia de Piedade. Destaque para um marco existente em frente à entrada do Hospital que cujo significado não foi possível decifrar pelo fato das letras terem caído. Sabe-se que se trata sobre Jaboatão.

Extremo Oeste: Serra da Macambira, entre os engenhos Macujé e Caraúna. - O ponto extremo oeste de Jaboatão é também o ponto mais alto do município - a Serra da Macambira. Situada entre Moreno e Jaboatão, possui cerca de 255 metros de altitude e dela é possível avistar boa parte da Região Metropolitana como Recife, Olinda, todo o Jaboatão, Moreno, Cabo, São Lourenço da Mata e até partes de Vitória de Santo Antão. Destaque para a visão do litoral entre Gaibu e Boa Viagem e da visão dos engenhos da zona rural de Moreno. Lá, há também um marco geodésico posto pelo IBGE.





Extremo Norte: Encontro do Riacho Tejipió-Mirim com o Rio Tejipió. - Este local fica situado no Engenho Cova da Onça, no bairro do Curado, e é uma região de aspecto rural, bastante povoada com sítios e granjas. Por causa da abundância de vegetação (resquícios de Mata Atlântica) não foi possível localizar o exato ponto de encontro do Riacho Tejipió-Mirim com o Rio Tejipió, mas sabe-se que fica próximo a esta Igreja Assembléia de Deus e a este açude. É uma região que ainda conserva o ar puro tão raro de hoje em dia.



Extremo Sul: Encontro dos rios Jaboatão e Pirapama. - O último ponto extremo do município não é por isso menos interessante. É no encontro do Rio Jaboatão com o Rio Pirapama que fica o ponto mais meridional de Jaboatão. Uma região estuarina onde a mútua influência das águas marinhas e fluviais origina um belo e imenso maguezal que se estende desde Barra de Jangadas até para além de Pontezinha. É uma região ainda muito rica sob o ponto de vista ambiental, apesar da poluição das águas, das constantes ameaças e agressões das ações humanas. Destaque para a recém inaugurada Ponte do Paiva que fica próximo do encontro dos rios.


3 comentários:

Anônimo disse...

Olá! Essa imagem colocada por voce eh uma escultura em homenagem a poesia do meu avo, a gaivota Karina, sempre em voo em Piedade. Ele faleceu esse ano, há pouco. Boa recordação... pra não virar silencio. Depois te envio a poesia... Palavras que foram furtadas da estátua. Abraço!

Educação disse...

Olá! Essa imagem colocada por voce eh uma escultura em homenagem a poesia do meu avo, a gaivota Karina, sempre em voo em Piedade. Ele faleceu esse ano, há pouco. Boa recordação... pra não virar silencio. Depois te envio a poesia... Palavras que foram furtadas da estátua. Abraço!

Girlane disse...

Olá, parabéns pelo blog.
Vamos salvar Jaboatão e sua história e beleza