segunda-feira, 24 de novembro de 2008

História de Prazeres

Por James Davidson


O Bairro de Prazeres é a sede do município de Jaboatão dos Guararapes. Por isso, sua história merece ser contada melhor:

Durante o período colonial, as terras situadas próximas à praia não eram as preferidas pelos senhores de engenho que, com medo de ataques de piratas, instalavam suas fazendas no interior. As terras de Prazeres eram ocupadas apenas por pescadores e tangedores de gado das Curcuranas, que moravam dispersos. É verdade que essas terras faziam parte do Engenho Guararapes, mas a sede deste ficava situada mais para o interior, próximo ao atual Conjunto Muribeca, portanto, distante da praia.


Com a expulsão dos holandeses, foi levantada a Igreja de N.S dos Prazeres, em 1656, nos Montes Guararapes. Desde o início da colonização até o fim do século XIX, as únicas povoações realmente existentes no município eram Muribeca e Santo Amaro de Jaboatão, ambas situadas mais para o interior, e Candelária, Curcuranas e Piedade, situadas à beira-mar.

O povoado de Prazeres só veio a surgir mesmo com a construção da Estação Ferroviária de Prazeres, pertencente à Estrada de Ferro do São Francisco, no ano de 1858. O local passou a ter, a partir daí, um grande desenvolvimento, intensificado principalmente com a construção da ligação com a praia de Venda Grande (Piedade) pelos retirantes da seca de 1878, pagos pelo governo do estado. Esta estrada é a atual Av. Barreto de Menezes. Chegou a ser sede do município de Muribeca em 1889 e depois distrito de Jaboatão, após a extinção do município de Muribeca.


Mas Prazeres só começou a ter a importância que tem hoje a partir da década de 50 quando a urbanização, vinda de Boa Viagem, atingiu Piedade e Candeias. Na década de 70, o crescimento é intensificado com a instalação de várias indústrias, com o apoio da Sudene. Tudo isso fez com que em apenas em 20 anos a população de Prazeres aumentasse 5 vezes, superando Jaboatão Centro, então sede do município.


O crescimento acelerado, a maior circulação de riquezas e o aumento da população fez surgir em pouco tempo muitos bairros e comunidades como Rio das Velhas, Cajueiro Seco, Massaranduba, Guararapes, Tiêta, Vaquejada, Espinhaço da Gata, Vietnã, etc. A falta de planejamento na ocupação gerou problemas de saneamento básico e infra-estrutura, presentes até hoje.



A falta de identidade das pessoas com Jaboatão (pois a maioria vieram de fora), aliada a distância entre os dois distritos gerou o desejo de emancipação ou mesmo uma possível anexação ao Recife. Pensando nisso, o prefeito Geraldo Melo transferiu a sede do município para Prazeres, no ano de 1989, fato que garantiu a integridade do "município da integração nacional". Também mudou o nome do município para Jaboatão dos Guararapes. Hoje, Prazeres é o principal centro econômico, político e administrativo do Jaboatão.


6 comentários:

Flausino, L disse...

Caro james.
Acompanho há um tempo esse blog que mostra detlhes óbvios e interessantes de todos que moramos e amamos essa maravilhosa cidade.

Andei conversando com meu irmão, que estuda Arquitetura e qua na ocsião falávamos de Cajueiro Seco, que surgiu como um projeto de Urbanização da área, que não foi bem sucedido. Quando vi teu comentário sobre a falta de planejamento urbano na área de Prazeres, surgiu a ideia de perguntar se tu tem algum material sobre o Bairro de Cajueiro Seco. Queria mais informações sobre esse projeto, se possui-las.
Além disso, gostaria de sabe se sabe onde posso encontrar fotos antigas do bairro de Candeias. Gostaria de conhecer um pouco do lugar que moro.
Meu contato é: lucio.flausino@gmail.com
Agradeço se puder ajudar.

Lucio Flausino

leonardo lima disse...

Morei em Prazeres no início da década de 70 (72/73) tinha 5 a 6 anos - Lembro que ír á praia passávamos por uma aldeia e não lembro quantos se atravessávamos mais de um rio - andava muito - moro em Salvador desde 79 nunca mais voltei ai - já tive em Recife várias vezes - vendo as imagens de hoje, não reconheço mais nada

Nathiel Paulino disse...

Moro em prazeres e queria saber mais da história,e consegui achar neste blog,muito bom! porém queria saber se vocês tem fotos de prazeres,ou pinturas mostrando... se puder me enviar agradeço/ 'nathielsantander@gmail.com'

PSICÓLOGOS Sempre disse...

Obrigada. Tenho um trabalho escolar e dizendo para pesquisar sobre a história do Bairro de Muribeca e me ajudou muito👍💃

PSICÓLOGOS Sempre disse...

Muito obrigada mesmo por está ajuda

Manu ka015 disse...

Amei saber mas sobre meu bairro querido! Tenho 34 anos e me criei em prazeres mas ñ sabia a fundo a sua origem, meus pais e avós falam algo assim como acabei de lêr. Amo esse bairro, parabéns pela iniciativa de deixar-nos bem informados.