quinta-feira, 17 de janeiro de 2008

Uma visita ao engenho Duas Unas

Por James Davidson



A casa-grande do Engenho Duas Unas localiza-se no Centro de Jaboatão, na Estrada da Luz, bairro de mesmo nome e às margens do Rio Duas Unas. Muito conhecida como "casarão" pelo povo, sua arquitetura não deixa mentir sua idade: mais de 100 anos! Constitui-se em uma verdadeira relíquia dos tempos de outrora!


Não se sabe a data de fundação do Engenho Duas Unas, porém, em 1857 ele já existia com sua casa-grande, como consta numa escritura de venda do cartório da cidade. Portanto, a atual casa-grande deve ter pelo menos mais de 150 anos! Nessa época, o engenho era conhecido como sítio Duas Unas e eram cultivados várias culturas como coqueirais, bananas e abacaxis, além da cana-de-açúcar. Porém, em outras referências, aparece como propriedade, engenho e chegou até a funcionar como usina, quando então era conhecida como engenhoca. Ainda hoje existe um galpão da antiga usina no local.


Hoje, o engenho não mais funciona, suas terras estão sendo loteadas pelos proprietários e a casa-grande serve de residência para os mesmos. Ao lado dela, existia um belo eucalipto centenário que desabou em conseqüência de sua idade faz uns quatro anos. Essa casa é muito conhecida pelos moradores da região e do bairro de Santo Aleixo que a chamam de "casa mal-assombrada"!


A casa-grande do Engenho Duas Unas foi construída em estilo eclético e possui grande volumetria, destacando-se na paisagem pelo seu isolamento, por sua antiguidade e pelo seu tamanho. Possuindo dois pavimentos, tem teto em duas águas e fachadas compostas por portas e janelas emolduradas, constitui um belo marco histórico da região e adjacências que merece ser conservado para a posteridade jaboatonense.

4 comentários:

glaucia disse...

Adorei sua iniciativa, ela é muito importante para os moradores de Jaboatão, pois quando conhecemos nosso lugar, amamos e cuidamos melhor dele.Como fazer para adquirir seu livro "Memórias destruidas"?

jhonny disse...

massa adorei o city completo o autor ta de parabéns,curiosidade e ver essa casa por dentro.

Anônimo disse...

quem é adona é a minha tia desse casarão

Marlins silva disse...

GOSTARIA MUITO QUE O GOVERNO MUNICIPAL E ESTADUAL TOMBACEM ESSA RELÍQUIA COMO PATRIMÔNIO HISTÓRICO POIS JABOATAO VELHO NÃO TÊM NADA PARÁ SERVISITADO